Reflexão de ano novo

Leiam, meditem, estudem a Bíblia toda

Um ano novo se inicia no primeiro segundo do dia 1º de janeiro de 2018, muitos nascerão neste ano, muitos já não imaginavam ter chegado até ali, muitos renovarão seus votos com o Senhor, muitos nas suas lembranças farão um balanço do ano que passou, alguns com muitos motivos para comemorar o passado outros não muito, muitos celebração com alegria o ano novo, outros não neste momento de grandes lutas, muitas expectativas, boas e possíveis ruins, digo contudo não nos pode faltar a nós discípulos de Cristo, entre outras coisas, a Fé a Esperança e o Amor.

Nos esforcemos para fazer nossa parte para que o mundo em que vivemos seja melhor, nós e todos os que se consideram ainda neste mundo, mesmo sendo cidadãos do céu, porque muitos há, que não se consideram deste mundo e que os demais seres humanos seus inimigos, e por causa deste distorção de personalidade, criada e alimentada por Lúcifer e seus demônios, nas suas mentes doentias, acham que o mundo é deles portanto podem fazer o que quiser, inclusive dominar pelo medo os demais em seus currais como gado confinado, matá-los, roubá-los, destruí-los, cometer contra eles as mais vis atrocidades. Inimigos declarados que roubam, matam, estrupam, enganam, destroem, por intolerâncias incabíveis e outras coisas mais. E pior ainda que estes, São aqueles falsos protetores, falsos amigos, dominadores sem escrúpulo que se acham donos dos demais e que também os mantém em currais como gado que movimentam não seus corpos mais suas mentes para onde querem para satisfazerem seus mais vis desejos, de ganância e poder, roubando de forma disfarçada, oprimindo, e mantendo suas mentes em outro tipo de curral, usando as armas da mentira, do engano, conduzindo com a vara das leis absurdas e adas interpretações equivocadas e maliciosas da Bíblia, que os beneficiam e lhes dão privilégios que não pode ser estendidos aos que por eles não são considerados como semelhantes em suas mentes e procedimentos, parecem  sentir que não são deste mundo, eu até concordo nisto com eles, não são cidadãos deste mundo mesmo, mas não são também do céu.

Deus tenha misericórdia dos cidadãos de bem deste mundo e principalmente os cidadãos dos céus que ainda estão neste mundo.

Aguardamos sua volta, nosso Senhor Jesus Cristo, tenha piedade de nós.