Do amor ao próximo

“44 Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;
45 Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.”
Mateus 5:44-45

Jesus disse: “Eu, porém vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus: Amar aos nossos inimigos, orar desejando o bem aos que nos perseguem, não é tarefa fácil, mas Jesus fez isto, suportando as afrontas de quem lhe devia agradecer, não pagou o mal com o mal, antes sofreu a dor física e superou a dor emocional, intercedendo pelos seus algozes que pediram a sua morte, antes intercedeu por todos diante do Pai, para que não lhes imputasse o pecado cometido contra Ele, por não saberem o que estavam fazendo.

Jesus deu como exemplo para que amemos, não só o próximo, mas também aos nossos inimigos e aqueles que nos perseguem, o fato de o Pai fazer nascer o sol sobre todos, maus ou bons de mesma forma fazer chover sobre os maus e os bons, não escolhe uma categoria de pessoas para dar as condições essenciais para que haja vida, da mesma forma não devemos nós escolher a quem amar, e completa dizendo que amar a quem nos ama e nos faz bem é fácil, quem assim o faz não está fazendo nada de mais. Mas para ser filho de Deus, é preciso fazer o que ele faz, amar, orar e quando possível fazer o bem até para com nossos inimigos e aqueles que sem causa nos perseguem.

Que Deus aumente a nossa fé.