Louvor e Adoração

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura tais que assim o adorem” João 4:23 (JFA-RA).

Quando Jesus Fala verdadeiros adoradores, pressupõe-se a existência de falsos. Os verdadeiros direcionam a Deus a adoração, por outro lado os falsos, sob a aparência de que se está levando o povo a adorar a Deus, sutilmente direciona a adoração a si mesmo, sob a égide de que está direcionando a adoração ao Pai, com palavras de falsa modéstia, que engana a muitos, menos a Deus. Leia mais

Lamentações 4:3

“Até aos chacais dão o peito, dão de mamar a seus filhos; mas a filha do meu povo tornou-se cruel como os avestruzes no deserto.”
Lamentações 4:3

Lamentações e parte dos livros de profetas maiores escrito em forma de acróstico no alfabeto hebraico composto de 22 letras, capítulo 1 – 22 versículos de Álefe a Tau; capítulo 2 – 22 versículos de Álefe a Tau; capítulo 3 – 66 versículos de Álefe a Tau por 3 vezes; capítulo 4 – 22 versículos de Álefe a Tau; capítulo 5 – 22 versículos de Álefe a Tau, algumas traduções trazem no livro as letras do alfabeto hebraico no inicio de cada versículo, outras não. Leia mais

Olhai os Lírios

Lucas 12:22-31 – “Olhai os lírios; eles não fiam, nem tecem. Eu contudo vos afirmo que nem Salomão, em toda sua glória, se vestiu, se vestiu como qualquer deles.”

 

Bela passagem bíblica, onde Jesus com palavras poéticas acalma a inquietação dos seus discípulos.

De acordo com o artigo 25 da Declaração Universal dos direitos do homem (ser humano) são principalmente 3 às necessidades básicas do homem:

1 – Alimentação – 2 – Vestuário – 3 – Moradia (segurança) Leia mais

A visão que precede a profecia

Inicio da Mensagem 21/05/2017 – Parque Aliança – Jeremias 24:1-10 – “A visão que precede a profecia” “A explicação da profecia” “O Julgamento de Deus”

“1 Fez-me o SENHOR ver, e eis dois cestos de figos, postos diante do templo do SENHOR, depois que Nabucodonosor, rei de babilônia, levou em cativeiro a Jeconias, filho de Jeoiaquim, rei de Judá, e os príncipes de Judá, e os carpinteiros, e os ferreiros de Jerusalém, e os trouxe a babilônia.
2 Um cesto tinha figos muito bons, como os figos temporãos; mas o outro cesto tinha figos muito ruins, que não se podiam comer, de ruins que eram.
3 E disse-me o Senhor: Que vês tu, Jeremias? E eu disse: Figos: os figos bons, muito bons e os ruins, muito ruins, que não se podem comer, de ruins que são.
4 Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Leia mais

Romanos 8:1

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. 2 – Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.”
Romanos 8:1

Todo ser humano, desde que nasce, vive debaixo de uma condenação de morte, não só a morte do corpo, mas também a morte do espírito e da alma, que não significa que deixará simplesmente de existir, o corpo volta para o pó de onde veio Gn 3:19. A morte do espírito e da alma é a separação definitiva de Deus por toda eternidade que é a segunda morte Ap 20-14-15. Leia mais

Salmo 12:5

“Por causa da opressão dos pobres, e do gemido dos necessitados, levantar-me-ei agora, diz o Senhor; porei em segurança quem por ela suspira.”
Salmo 12:5

A opressão dos pobres, que faz gemer de várias dores os necessitados, é tema do dia e alguns em nome desta causa, enriquecem, destacam-se na sociedade, e usam de duas caras para prevalecerem, quando em companhia dos pobres se colocam como sendo a sua única esperança para que os mesmos venham a sair da pobreza, da miséria e do sofrimento dos que não tem recursos, para se suster, porém quando em companhia dos seus pares na riqueza, regalam-se como se nada mais houvesse para pensar, promessas para cumprir, trabalho importante para fazer, um ciclo que se repete, como um giro de uma roda que parece que ninguém pode parar, que gira constantemente atraindo para ela apenas alguns para ficar dentro e passar por cima dos que estão fora, como um grande rolo compressor e opressor, que não mata e nem cura, não deixa morrer de fome e também não a sacia por completo, uma eterna retórica, de ação e reação. Mas há alguém que tem poder, Leia mais